3 perguntas e respostas sobre Previdência Privada

previdencia-privadaPrancheta-1-copiar (1)

O planejamento financeiro a longo prazo é imprescindível para qualquer pessoa ter mais tranquilidade e qualidade de vida. Diante disso, a previdência privada surge como uma boa alternativa para investimento e oferece a possibilidade de alcançar bons rendimentos no futuro.

Nesse sentido, as oportunidades de investimento a longo prazo são opções importantes para quem deseja ter uma renda a mais na aposentadoria – entretanto, é indispensável conhecer melhor o assunto e ter apoio para investir em planos com bom potencial de retorno.

Apesar de ser um tema importante, ainda é alvo de muitas dúvidas, por isso, é imprescindível entender antes de realizar qualquer aplicação. Pensando nisso, continue a leitura deste post e veja 3 perguntas e respostas sobre a previdência privada, e esclareça suas dúvidas!

3 perguntas sobre a previdência privada

A previdência privada é um investimento considerado de longo prazo, ou seja, oferece rendimentos em períodos maiores, a partir de 5 anos. Sendo assim, consiste em uma oportunidade para ter uma renda em momentos importantes da vida, para garantir mais tranquilidade no orçamento.

Contudo, os assuntos relacionados aos investimentos são repletos de termos e estratégias que causam diversas dúvidas. Principalmente em pessoas que estão pensando em começar a investir e aumentar o patrimônio ao longo do tempo, em busca de objetivos pessoais.

Para tornar o assunto mais simples, veja quais são as principais perguntas e respostas sobre a previdência privada!

1. O que é a previdência privada?

A previdência privada é um tipo de investimento a longo prazo constituído por empresas privadas, conhecida como uma forma de aposentadoria. Sendo assim, a pessoa realiza aplicações em um plano que oferece rendimentos para objetivos futuros.

Embora o termo seja semelhante, é importante salientar que a previdência privada não tem nenhum tipo de relacionamento com o INSS. Consiste apenas em uma modalidade de investimento para ter lucros no futuro, como se fosse uma aposentadoria, e pode ter resgate único ou mensal ao final do prazo.

Dessa forma, a previdência privada pode ser encontrada em dois tipos de planos, que são:

  • Plano Gerador de Benefício Livre – PGBL;
  • Vida Gerador de Benefício Livre – VGBL.

Portanto, a previdência privada funciona por fundos de investimentos e são constituídos por organizações privadas – podem ser abertos, aqueles comercializados para qualquer pessoa, ou fechados, que são restritos aos colaboradores e sócios de uma empresa.

2. Por que vale a pena investir?

O momento da aposentadoria é aguardado com ansiedade por muitas pessoas, pois oferece a oportunidade de aproveitar a vida com mais tranquilidade. Em outras palavras, consiste no momento para deixar de lado a rotina pesada e quase sempre acelerada e se dedicar ao que mais gosta.

Nesse contexto, ter uma renda adequada para o seu perfil e objetivos, e que possibilita maior liberdade, é imprescindível. Para isso, além da aposentadoria tradicional, ter outras rendas contribui para otimizar o orçamento e elevar a qualidade de vida.

Sendo assim, a previdência privada é um investimento interessante e oferece a oportunidade de ter uma renda a mais no futuro, além de direcionar o uso dos seus recursos e ter dinheiro no momento que precisar. Por isso, é um investimento que vale muito a pena.

3. Qual a melhor idade para começar?

Não há uma idade mínima ou certa para começar a investir na previdência privada, desde que a pessoa saiba que é uma modalidade a longo prazo — ou seja, é preciso ter um planejamento específico e entender que o resgate dos investimentos pode levar muito tempo, de acordo com o plano.

Qualquer pessoa pode fazer um investimento na previdência privada, por exemplo, funcionários de empresas, os pais que investem para os filhos e muitas outras possibilidades. O importante é entender como ela funciona e ter apoio especializado para esclarecer os processos e embasar suas decisões.

A importância da previdência privada

A vida financeira tem influência direta na qualidade de vida e bem-estar de qualquer pessoa, principalmente ao chegar na aposentadoria. Trata-se de um fator importante para atingir os objetivos pessoais e ter a tão sonhada liberdade e autonomia.

Além disso, com o passar dos anos, o custo de vida aumenta de forma significativa, refletindo diretamente no orçamento mensal. Basicamente, o custo para a alimentação, acesso à saúde, medicamentos e outras necessidades básicas fica mais pesado.

Nesse momento, contar com uma renda maior é fundamental para equilibrar as finanças, sem abrir mão dos seus objetivos e do lazer. Para atingir esse patamar, a previdência privada é uma ótima alternativa e proporciona rendimentos para ter mais conforto e segurança, inclusive em situações emergenciais.

Como percebeu, a previdência privada é um tipo de investimento que proporciona mais tranquilidade financeira no futuro. Portanto, não deixe de considerar essa alternativa para ter uma vida confortável e mais possibilidades de realizar os seus sonhos mais para frente.

O que acha de continuar aperfeiçoando seus conhecimentos com assuntos relevantes? Não perca tempo e leia agora mesmo sobre o que é melhor: poupar ou investir!

Siga nossas redes sociais: Instagram | Facebook | Linkedin

13 de setembro de 2021

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin